Páginas

sábado, 30 de abril de 2011

Alegrias e decepções



Ontem tive apresentação. Eu estava bem tranquila, sorrindo. Mas foi só chegar no palco..
Todo mundo me deixa nervosa. Vem falar, desejar boa sorte e eu me vejo na obrigação de dançar perfeitamente pra que todo mundo goste. Na primeira coreografia com o grupo eu fui bem, sorri o tempo todo e estava tranquila. Mas na hora do meu solo, errei praticamente tudo. Tento em cada apresentação melhorar essa coreografia que já não é tão bonita mas acabo fazendo com que fique pior ainda.
Eu me coreografo desde quando entrei no grupo, aprendi que uma verdadeira dançarina do ventre faz suas próprias coreografias. A professora não tem nenhum trabalho, apenas mostro a coreografia e ela diz o que precisa ou não mudar. E essa não foi diferente: eu mostrei ela achou ótimo.
Mas nunca consigo dançar do jeito que ela ensinou, como eu pesquisei e ensaiei. Faço tudo diferente, nada a ver com o tipo de dança que eu quero mostrar. Mas foi ontem que eu senti que eu não estava indo bem meeesmo e assim que acabei eu perguntei ao meu professor o que ele achou. Ele, que já me deu sinais de que não estava gostando desde a última vez, disse que eu tinha que ser mais energética.Não entendi muito bem o que ele quis dizer. Eu estava muito lenta ou muito mole ?
Dancei a última com o grupo me sentindo bem mal e acabei a apresentação péssima. Chorei pensando porque eu ia mal nessa coreografia se eu sabia os movimentos e a professora sempre dizia que estava ótimo se não estava ? E porque todo mundo fala que eu dancei muito bem se eu não dancei ?Ouvi conselhos de que essa crítica negativa dele ia servir pra me ajudar a melhorar.
 A verdade é que eu só penso na técnica. Se eu erro um battement na aula, eu sou uma péssima bailarina. Se eu não consegui fazer exatamente como a professora ensinou eu não sirvo pra nada. Quando eu tenho a técnica do movimento, eu danço bem, mas quando não tenho fico nervosa e erro tudo.
 Sim, eu sou perfeccionista. Eu quero ser perfeita na coreografia inteira. Me dizem eu me cobro demais, eu sei que eu me cobro, mas eu nunca mais saí do palco com a sensação de missão cumprida como eu senti na minha primeira apresentação. E eu quero sentir que eu fui bem. Que eu fui perfeita. 
Bom, não tive só decepções. A imprensa nos fotografou ontem durante as apresentações e hoje saímos em uma jornal da cidade! Nossa fiquei muuito feliz, não paro de me olhar na foto em que eu saí na frente! já recortei a notícia e guardei pra lembrar, rsrsrsrs.
E outra: surgiu uma oportunidade de eu dar aulas de ballet para crianças! Ainda não está certo e também pelo pouco tempo de experiência que eu tenho seria muito cedo. Mas são só as noções básicas do ballet, plié, tendu, as posições,essas coisas. Primeiro vou falar com o professor. Vai ser um trabalho voluntário e eu queria muuito começar dar aulas.
O que vcs acham ?

Beijos *

3 comentários:

  1. Que legal! aulas? nossa!

    Vai ser com crianças? porque é mais fofo ainda!
    Boa sorte, fofa!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. sinto muito pela sua apresentação!!! Tenho certeza que se saiu bem e só se sente mal porque se cobra demais!!!!

    quanto dar aulas, você que sabe! se acha que já consegue porque não tentar :)

    BOA SORTE =)

    ResponderExcluir
  3. Oiee
    Tem um selinho pra ti em meu blog...
    Passa lá
    http://marifriend.blogspot.com/2011/05/selinho.html
    Beijo

    ResponderExcluir